top of page

"Quem sou eu?” Você já se fez essa pergunta?

"Quem sou eu?”

Quantas respostas já tivemos e quantas ainda teremos antes de encontrarmos nossa essência?

Quem encontrou uma resposta fácil, se enganou...

Certo volume de desconforto é necessário para sairmos do estado de inconsciência sobre quem somos verdadeiramente.


Em nossa forma inconsciente somos um aglomerado de nomes, ideias, formas e opiniões de outras pessoas. Qualidades que atravessaram gerações, que foram impostas pela cultura e que nos foram apontadas. Tudo isso somado às distorções de nosso filtro pessoal…


Conhecer-se não é nem simples, nem fácil, nem indolor.

Descartar títulos vazios, nos limpar de preconceitos e de qualidades que desenvolvemos para sermos aceitos pode ser um processo longo e trabalhoso. Mas é fundamental se quisermos conhecer nossa essência.


Quantos dos preconceitos que você tem foram criados a partir de experiências pessoais suas?

Quanto do que você diz e faz é um recurso para agradar e ser aceito pelos outros?

O que disso tudo você pode descartar?


Quanto da sua mente está no passado?

Quantos planos ou predições para o futuro você fez nos últimos minutos?

E no presente?

Quanto a sua mente te permite sentir e viver o presente?



O DESPERTAR

  • é deixar de acreditar nas aparências

  • é ser livre das limitações impostas pelos outros e por nossa mente

  • é permitir-nos transformar o jeito de ver e viver a vida


O caminho ao encontro de nossa essência é cheio de dúvidas, de medos, tropeços, enganos e frustrações - nada disso deve interromper essa busca.


Conectar-nos ao presente - nem o que foi, nem o que vai ser.


Viver verdadeiramente o breve tempo que temos neste planeta…

Tudo isso é possível quando conhecemos nossa única e bela essência!


Ana Schmid

Neuroeducadora, Psicopedagoga, Terapeuta, PNL, Professora de Inglês, Espanhol e Artes Mãe da Luna e do João





35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page